Pesquisa

Carregando...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Parábola do semeador

Objetivos:
Sensibilizar-se para o estudo dos ensinamentos de Jesus, procurando revivê-lo no nosso dia a dia.
Estudar as ideias principais contidas nos itens ESE cap. XVII: 4.
Conhecer por meio do estudo o ensinamento de Jesus sobre o cultivo desses valores.
Compreender que o cultivo desses valores é o objetivo do trabalho da evangelização ensinada por Jesus.
Refletir sobre os ensinamentos estudados a fim de valorizar o aprendizado na Evangelização como forma de cuidar desse tesouro.
Aplicar os ensinamentos ao seu dia a dia, identificando as dificuldades que encontra para vivenciá-los.
Concluir pela necessidade de mudar atitudes e comportamentos que dificultam ou impeçam o esforço de reconhecer e valorizar os ensinamentos de Jesus.

Sensibilização:
Creche: Apresentar a gravura ou desenho de um lindo jardim (podemos fazer com eles um trabalho de recorte e colagem).
4 a 7 anos: Pedir que cada criança desenhe um lindo jardim (podemos fazer com eles um trabalho de recorte e colagem).
Pedir que cada criança apresente o seu trabalho.
Conversar com as crianças que, para o jardim ficar muito bonito é necessário que o jardineiro tenha feito um bom trabalho. Como devemos cuidar do jardim? O que devemos fazer para que no jardim tenha muitas flores?
Apresentar a figura de Jesus como o nosso grande jardineiro que semeou o solo do nosso coração.
Perguntar se alguém se lembra de um ensinamento de Jesus que fala dessas sementes?
Ouvir as crianças com carinho e atenção, deixando que exponham o que sabem sobre os ensinamentos de Jesus.

Estudo: A parábola do semeador - Propor às crianças a dramatização da parábola do semeador. Na creche podemos fazer a dramatização com o evangelizador e os monitores.
Após a dramatização e a explicação da parábola, cantar juntos a música do Semeador. Conversar com as crianças sobre as sementes que foram jogadas no solo do nosso coração e Jesus está aguardando o nosso esforço no bem, para que as sementes possam florescer.Perguntar às crianças:
·  O que são as sementes?
R: Os ensinamentos de Jesus
·  Onde essas sementes são jogadas por Jesus?
R: No nosso coração
         É preciso trabalhar essas sementes no solo do nosso coração, fazendo despertar as virtudes, os bons sentimentos que já trazemos, pois somos filhos de Deus.

Compreendendo os ensinamentos de Jesus

       Apresentar os diversos solos da parábola, comparando com o nosso dia a dia.
1o) A semente que caiu ao longo do caminho: é aquele que ouve o ensinamento e não dá importância
Ex: A criança que não presta atenção em nada na hora da evangelização
2o) O solo pedregoso – presta atenção no início, mas a conversa, a brincadeira distrai a sua atenção. Essa criança não tem vontade firme. Ex. preguiçoso, desobediente, etc.
3o) Solo entre os espinheiros: vem à evangelização, assiste a aula, mas quando chega em casa não faz nada do que aprendeu. Esquece tudo e não pratica nada. Diz que faz, mas não faz.
4o) O solo fértil: ouve, presta atenção e esforça-se para colocar em prática o que aprendeu, procurando ajudar os outros com o conhecimento que já adquiriu.
·  Que tipo de solo você tem sido?
·  Quem tem jogado essas sementes no seu coração?
·  Jesus foi o Grande Semeador
·  Jesus ainda está semeando aqui na Terra?
·  Tem alguém semeando em seu nome? (pais, professores, evangelizadores, o culto no lar etc.).
Conduza as crianças à valorização da Evangelização, onde estamos relembrando os ensinamentos de Jesus.
 Neste mês do aniversário de Jesus o melhor presente que poderíamos dar a Ele é a nossa transformação.
Para levar o grupo a aplicar à própria vida esses estudos, converse com as crianças:
· É mais fácil ser um solo pedregoso ou espinheiro do que ser um solo fértil?
· O que é necessário para sermos como o solo fértil?
· Na sua vida, quais sementes você pode lançar?
· Então, você pode ser também um semeador como Jesus?
Para levar o grupo a concluir pela necessidade de mudar de comportamento:
· Vale a pena fazer o esforço para ser um bom solo?
· Para ser um bom semeador, precisamos possuir boas sementes.
· Como devemos trabalhar a terra do nosso coração, para nos tornarmos solo fértil?

ATIVIDADE: Ilustrar com um bonito desenho a frase: Como ser um bom semeador?

Um comentário: